TicTac no Aeroporto

Quando se cresce rindo e sorrindo ao lado de quem se gosta, a infância passa suave. Flores caindo da árvore de ipê amarelo. Mimosas doces cobrindo o chão do quintal. Naquele dia, antes do avião decolar, Tito lembrava dos dias em que jogava futebol com seu primo. “A bola sempre caía no vizinho.” Enquanto aguardavam na fila para despachar as malas, Tito sentia seu olho encher de lágrimas. Lágrimas de todos os tipos que o amor fraternal desperta. De saudade. De orgulho. De tristeza. De alegria. De admiração. De despedida. Queria dizer alguma coisa que demonstrasse a falta que sentiria. “Mas tenho que ser forte. Ele precisa de apoio e de força para enfrentar o clima amazônico.” Avião. Manaus. Calor. Engenharia Eletrônica. Terra distante e palavras repletas de mistérios. Seu primo emocionado e a mulher dele sempre forte e decidida, cuidando de tudo. “Prima que também amo.” TicTac. O relógio corria. Marcelo foi ao banheiro. Tito foi junto pensando em dizer logo o que embargava sua voz. “Nada. Nem mijar eu consegui.” Só aproveitou em silêncio os últimos minutos com seu primo, seu irmão. TicTac. Tempo impiedoso. Água no rosto. Cabelo pra trás. Fez piada e voltaram para a despedida. O abraço foi apertado. Tito se segurou. “Firme e forte.” Risos e sorrisos. “Assim que quero que ele lembre quando a saudade apertar.” As lágrimas eram todas de Marcelo e de sua esposa. Tito só pensava no quanto amava os dois. Muitas lembranças no caminho para casa. O ipê amarelo ainda estava lá quando chegou, mas o pé de mimosa tinha secado. Dormiu chorando.

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

15 respostas para TicTac no Aeroporto

  1. Camila disse:

    Tem dias q a gente se sente, como quem partiu ou morreuA gente estancou de repente ou foi o mundo então q cresceu…Despedida dói tanto…parece q o tempo para e a gente só se preocupa em lembrar do passado, esquecendo q no futuro além da saudade virão mtos ganhos pros dois lados… manaus… q o primo do tito tenha um futuro "verde- brilhante" por lá… bjo tito, prometo q passarei mais por aki…

  2. mercedes disse:

    Aff que demorou pra aparecer um texto novo aqui!Então…antes de mais nada, Ipê amarelo pelo chão em Curitiba é a coisa mais bucólica e melancólica e com cara de lembrança que eu conheço. Amo!Eu vi os planos do seu primo e esposa antes de ir. Acho que essa mudança vai ser muito boa para a vida deles.Sempre que acontece uma coisa assim, a gente tem a sensação de estar perdendo uma pessoa (ou duas). Mas a verdade é que estamos tendo consciência do quanto aquela pessoa é importante para nós.Na minha familia sou sempre eu quem vai embora.Sempre lágrimas no aeroporto…mas eu volto sempre.Sempre abraços da chegada!A vida é assim mesmo. "A hora do encontro é também despedida…a plataforma dessa estação é a vida desse meu lugar , é a vida …."

  3. marilialopes disse:

    Engraçado…minha vida sempre foi cheia dessas situações !Separações que nos fazem ver o mundo e a vida com outros olhos…olhos de quem ama e quer estar perto mas temos que trilhar nossos caminhos!Beijos!!

  4. mercedes disse:

    Acho que só vi o Tito usando outra cor umas 2 vezes.Tito = O homem da blusa vermelha!

  5. luci disse:

    Oi tito, juro que fiquei anciosa esperando o texto da despedida.Sei que a bola que insistia em cair na casa do vizinho foi uma etapa bem pequena do relacionamento que vc teve com seu primo. Depois da bola e do ipê amarelo, vieram papos pra lá de inteligentes e confidências que não ousaram contar pra mais ninguém.Acho que a isso se dá o nome de segredos. E o Marcelo… esse é o tipo de cara que dá pra contar um segredo. Vou sentir muita falta do meu Marcelinho; do Marcelinho que muitas das palavras que ele pouco usa hoje fui eu quem ensinou. Vou sentir falta da Ju também pois aprendi a gostar e admirar aquela mulher com jeito de menina… Acho que os sábados de pizza não vão ter mais o mesmo sabor…mas espero que a vida traga bons motivos para o casal ser feliz e voltar sempre no Natal…BeijosLuci

  6. Marcia disse:

    Tito, Tito..me fez encher os olhos de lágrimas de ler seu texto sobre a despedida. Uma coisa que eu admiro muito mesmo na nossa família é a nossa união e por isso a separação arde que nem brasa nos nossos corações, mas tenho certeza de que tudo dará certo na vida desse casal lindo que é meu irmão e minha cunhada e que amamos demais e estaremos torcendo para que o tempo passe rapido e esses dois voltem a Curitiba e para que as pizzas de sabado a noite voltem a ter o mesmo sabor…enquanto isso continuamos com a nossa saudades e sempre rezando para que os 2 sejam muito felizes lá tb apesar da saudades!

  7. Paola disse:

    Saudades é sentimento estranho mesmo. Totalmente contraditório. Horrível e gostoso ao mesmo tempo.A parte horrível dói, aperta o peito e da vontade de chorar. E a parte boa é que eles serão felizes onde quer que estejam, pois sempre existirá as lembranças para acalmar o coração.Como disse a Mercedes, "a vida é assim mesmo".A vida é cheia de encontros e desencontros!!!

  8. Orondino Tadeu Rocha disse:

    Foi especialmente dificil ver meu filho e minha nora indo para terra distante com costumes e clima e comportamento bem diferentes, em continuidade a sua atividade profissional. Gostei muito que você esteve lá no momento da despedida, porque ao menos posso dividir a saudade com uma pessoa que além de sobrinho e afilhado, na verdade também considero como um filho. Espero que tudo que pude transmitir de bom para cada um de vocês, decorrente da minha experiência de vida, possa ser útil para enfrentar estes dias de separação e de mudanças que levam a novos destinos e objetivos.

  9. Juliane Cristina disse:

    Espero que me perdoe pela demora em comentar no seu blog, e principalmente neste post!… Mas a conectividade por aqui ta meio complicada…É difícil descrever o que senti a ler o texto! Sentimento misto de orgulho, saudades e desejo. Orgulho de ter pessoas próximas que se importam tanto com a gente e de saber como somos queridos. Orgulho do meu primo, por ser essa pessoa querida, de brilho único, que tem se mostrado cada vez mais maduro e serve como modelo para mim em alguns aspectos. Saudade é uma coisa engraçada, porque se você sabe que não irá voltar tão cedo, sente elas por antecipação… Desejo de expressar o quanto vocês todos são importantes para nós, principalmente em momentos de mudança como o que estamos passando.Espero que em breve estejamos todos juntos, com novas histórias para contar. Afinal de contas, para que servem as separações senão para podermos dividir experiências vividas e para nos "tocar" da importância das pessoas queridas.Abraços e BeijosMarcelo & Ju

  10. Juliane Cristina disse:

    Ai ai, acho que esse Tic Tac vai ficar marcado para sempre em nossos corações.. Despedida é assim mesmo. Faltam palavras para expressarmos o quanto amamos e sentimos saudades mesmo ainda estando perto.. O coração aperta mais do que deve, os olhos ficam marejados de lágrimas, mas o que conforta é lembrar do nosso objetivo, do nosso sonho, pelo qual viemos atrás..É difícil deixar a família que sempre me tratou e acolheu tão bem, que me fez sentir como se fosse realmente parte da família, e eu sei, o quanto vocês esperam que eu cuide bem do "Marcelinho"..Ele está em boas mãos, vcs sabem disso ehehAh, e quando a saudade apertar aí, lembrem-se que daqui a 4 anos uma ou um "Belãozinho" estará a caminho..Beijos a todos, e um em especial, ao peste do nosso primo, que escreveu palavras maravilhosas, que simplesmente fizeram cair nossas defesas e encher nossos olhos de lágrimas ( apenas como observação, eu estava no shopping lendo e o Marcelo no trabalho, imagine o nosso esforço para não cairmos no choro )..Adoro todos vocês.. Enfim, nós amamos todos vocês..Saudades..

  11. luci disse:

    O que dizer depois de todos estes comentários…a palavra é união… Nossa família é mesmo uma grade família de italianos que se ama demais, sente falta demais, se cuida demais. Fiquei novamente com os olhos mareados quando li que O Dino tem vc como filho. Ele é um grade pai!! E é assim que sinto os filhos dele também, como se fossem meus. Acredito que sua vó está orgulhosa do que deixou por aqui! Se ela puder estar nos vendo vai saber que somos uma porção de Rochas…bem fortes e firmes e que apesar das despedidas não nos afastamos. Mesmo estando lonje posso sentir voces todos! Um beijão nesta família que estou ansiosa para rever (com s e não com c).luci

  12. Marla disse:

    Batata!! esse texto foi perfeito aos meus olhos hj.. vou passar por essa agonia do tic tac no aeroporto hj.. puxa..to com saudades antes mesmo da partida.. ai coração tem q aguentar mais essa!! uia força!! heheBjus querido.. belas palavras pra variar hahahha..Mah =D

  13. mercedes disse:

    Há dias o Felipe me falou do comentário do Dino e só agora eu lembrei de vir aqui ler.VOCÊS QUEREM ME MATAR??Meu Deus eu morri de chorar!Tudo bem que eu não pago imposto pra chorar, mas isso foi demais…um comentário mais emocionante que o outro. Que família linda!Não é de espantar que o meu amigo querido seja quem é…Beijos a todos.Me

  14. Unknown disse:

    Fala garoto… bem vim aqui mesmo!!!Acho que você consegue expressar como ninguem as reações para com o corpo dos sentimentos… esse texto foi um deles… você se colocando em terceira pessoa como um personagem nos permite assistir a esses momentos e encontros como se estivessemos proximos sentados como duendes no ombro lendo os sentimenotos perto do ouvido… curto muito isso em você e espero que continue… até os proximos posts. Thi)

  15. Unknown disse:

    Que família linda!parabéns, Tito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s