Verbo pra quê?

Tempo feliz para uns. Para outros nem tanto. O mundo desobediente. O destino imprevisível. Tito e seu trabalho. Tito e seus textos. Tito e ela. Sorrisos de um recomeço de vida cinematográfico. Ele sempre corajoso com relação aos obstáculos de seu caminho. Porém, bastante preocupado com seu amigo do olhar distante. Amigo triste. Começos e finais. “Cadê os meios?” Os pensamentos de Tito confusos com um turbilhão de novas coisas. “Nova vida mesmo. Para mim e para os outros.” Hora do almoço. Sfiha gigantaura de presunto e queijo. “Só um real e oitenta centavos! Melhor relação benefício/custo.” Escova de dente e livros. Celular. “Opa!” Seu amigo do olhar distante no telefone. “Que inveja! Direto de um passeio pelo meu parque de diversões, a f-nac.” Vários filmes e séries. “Que saudade do consumismo exagerado de DVD!” Do outro lado da linha, com o olhar distante na cara e vários produtos da indústria cinematográfica na sacola. “Sem dúvida, o melhor remédio para a tristeza inevitável de qualquer espécie de final.” Sorrisos de Tito. “Agora?! Preocupação pra quê? Dinheiro pra quê? Verbo pra quê?” Gargalhadas do olhar distante. “Câmbio final.” Nova música e mais trabalho. “Cadê os meios?”

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

15 respostas para Verbo pra quê?

  1. Unknown disse:

    Titao… voce é foda!!!!! hehehehheDepois dessa eu tive que reler o conto do cigarro para me entreter um pouquinho.Esta convidado a disfrutar desse band-aid emocional comigo!Abração

  2. mercedes disse:

    Meus dois amores…Que lindo é vê-los próximos novamente. Só sorrisos aqui.Força no band-aid!Que difícil escrever sem verbos, Titão! Quase poesia concreta. hahaha.

  3. Paola disse:

    Meu amor e meu irmão juntos para um novo início. Essa capacidade de "viajar" é a melhor maneira para tomar fôlego e encarar os novos projetos. E com certeza Tito estará sempre pronto para oxigenar todos os inícios, meios e fins da vina desse meu adorado imãozinho.

  4. Rafaela disse:

    Desculpe a demora!!!A ajuda dos amigos. Curativos e cicatrizes. Amigo é Melhoral.Beijinho.

  5. Unknown disse:

    Nossa!conheci seu blog por uma amiga sua… que fiquei amiga recentemente…kkkkkkkadorei as fotos! adorei seus textos!muito profundos! interessantes! cheios de emoção!e deve ser difícil escrever ser verbos e se fazer entender, né?beijinhos

  6. marilialopes disse:

    Nossa que capacidade heim…escrever sem verbos não é pra qualquer um!!Passando rápido…pq minha carona já chegou!!beijo!!

  7. Unknown disse:

    eu até pensei em comentar no anterior, mas não tem como… o texto é lindo demais… vou passar vergonha… acho que tem horas que é melhor não falar nada mesmo (o texto já diz tudo)

  8. mercedes disse:

    O que estou esperando mesmo, com ou sem verbos, é que o olhar do seu amigo volte a brilhar!Ele é o menino dos meus olhos, e quando os dele perdem o brilho, os meus se entristecem.É incrível a influência do olhar de um filho na vida de uma mãe. Tudo está lindo até você saber que algo vai mal na vida deles. Fui filha por tempo demais para achar que a minha vida poderia influenciar a dos meus pais.Já sou mãe ha 22 anos, e ainda não aprendi que não posso ser a felicidade deles. Mas gostaria. Queria comandar seus olhos e seus sorrisos, só para ter certeza que tudo está sempre bem.BeijosUna madre

  9. mercedes disse:

    Sei lá como vim parar aqui. Fui perseguindo os passos de pessoas e acabei dando de cara com a metida da Duda Shelley. Parece que essa mulher se multiplica! Agente Smith!gostei do seu blog demais. E a foto com o seu amigo é invejavel. Dá pra ver no olhar dele e no seu sorriso o quanto vocês são amigos. Também quero amigos assim.

  10. mercedes disse:

    Nossa. Que coisa difícil de ler. Só no final eu percebi que não tem verbo.Você é louco ou o que?

  11. mercedes disse:

    Massa!eh nois.fui!

  12. mercedes disse:

    Gateeenhos!Adoro seu texto Felipe. Pena que a sua namorada não gosta de mim. Ha!Beijinhos

  13. mercedes disse:

    Uma palavra: boiolice!Abraço, meu bom.

  14. Felipe disse:

    1. o legal da minha vida é que nunca tentei provar nada sobre minha sanidade mental.2. vai passar, mercedão. Vai brilhar sim!3. escrever sem verbos: nunca mais! muito difícil!

  15. Marcia disse:

    Amizade assim é daquelas q tanto longe ou perto sabemos que ela continua lá. Eu quase não vejo as minhas amigas de verdade mas sei q serao sempre minhas amigas para quando eu precisar.E escrever sem verbos sem comentários..vc é foda Tito!Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s