Tito ou Felipe? Façam suas apostas

fantástico mundo com muitas personalidades
 
Nem mal, nem bem. Não há paz ou fúria que se desfaçam em meio ao turbilhão de minha vida. Não posso dizer que existe um estado que é só ou completo. Pelo contrário, vivo num desequilíbrio de metades. Respiro ao alvorecer de luzes das chamas e ao apagar de novas trevas só minhas. Ao meu mundo, tudo que me pertence de forma concreta. “Como Tito poderia de ser diferente?” Pura bobagem. Um amontoado de resmungar de um ranzinza convicto. Sou eu mesmo rodeado de perguntas e sonhos. Sou paz, fúria e solidão num mesmo recipiente de carne, ossos e tripas.
 
Aproxime-se do texto quem tiver coragem. Tem que ter bolas para ler sem julgamento. Para entender o que nem mesmo os Deuses mais pagãos conseguem viver sem expectativa e medo. Sou a intensidade que grita desejos e expele vontade pelos poros. Sou metade menino e outra metade homem. Ambos loucos e perdidos, confusos e apaixonados pelos momentos e pelo simples que neles moram e que neles se escondem. Somos insanos, Tito e eu: carne, ossos e tripas; paz, fúria e solidão. Mesma pessoa, muitos pecados e poucas confissões.
 
“Quais confessar?” Nasci ao meio-dia de um dia de noite de lua cheia. Cheguei ao mundo, meu mundo, com a influência da ascendência de um leão com data em touro. Não há estrada que eu não tente atravessar e, se a menos navegada fizer alguma diferença, será minha escolha. Constante. Inconstante. Sou de bastantes paradoxos, poucos eufemismos e muita metalinguagem. Com minhas letras e palavras, rimam a paz, a fúria e a solidão, a carne, os ossos e as tripas.
 
Sou muito para mim mesmo e intensidade demais para alguém. Não me mostraria inteiro, não agora. Tentamos, Tito e eu, uma vez e o resultado foi de peças quebradas, sentimentos perdidos e assustadora distância. Que fique no passado. Por hora, só sei que quero amar. Porém, preciso aprender como entregar minhas mãos para outras. Tenho que descobrir nos abraços e beijos o conforto e cheiro de casa e de terra molhada. Tenho que me entregar com todas minhas letras e palavras, meus sonhos e desejos, minha carne, ossos e tripas, minha paz, fúria e solidão, meus medos. Há tanto para tão pouco tempo.
 
No entanto, não estou pronto. Não estou pronto porque não sou mais criança. Sou adulto confuso agora. Aquele que – em meio ao viver simples e respirar pesado – escreve, ensina, aprende, pede, faz acontecer seu pouco para o universo.
Publicitário de carne, ossos e tripas.
Professor de paz.
Escritor de fúrias.
Homem e menino de solidão.
Nem mau, nem bom.
Nem mal, nem bem.
 

 

 

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Tito ou Felipe? Façam suas apostas

  1. Ana Maria disse:

    Aposto no meio termo … um pouco de cada em um pouco de tudo.

  2. Marcos Alfred disse:

    Anda inspirado, hein meu chapa! Muito bom!
    Penso que o senhor deva espantar essa solidão bebendo furiosamente, e combinando
    a bebedeira com alguma paz (há métodos para isso), e claro: Botando uma moral
    nesses ossos, carne e tripas… Principalmente, tripas (mais especificamente, o
    fígado).
    Abraço!

  3. Flavia disse:

    e é por isso que vc é tudo isso.
    tão especial.
    amo de paixão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s