Quando o sol muda tudo

Gosto de acordar e olhar pela janela só pra ver o que
acontece lá fora. Claro que o que importa de verdade é o sol, seu jeito
acolhedor de melhorar o dia e fazer brilhar a grama de praças e parques para um
fim de semana dos mais desejados e sonhados. O vento gelado cumpre seu papel no
equilíbrio das coisas. As novas amizades, gentes que conhecemos por conexões de
passados e previsões de futuros. E vamos nós de um lado para o outro, em uma
festa ou outra. Encontrar mais gente, pensar melhor em tudo e nos concentrar em
viver, afinal o trabalho ficou para segunda.

Acertamos e erramos em nossos passos passados, mas não agora
quando o sol brilha. Quando o sol muda tudo, permanece apenas a lembrança do
seu sorriso. O tudo de espetacular que nos acontece ganha nova luz, destaque e
cena. Caminhamos e entrelaçamos os dedos, num gesto de quem se gosta e tem
carinho. Transformamos a água e o frio de agosto numa preparação para o
equinócio de primavera setembrino. As flores ganham cores e nós caminhamos até
aqui para podermos ir ainda mais longe.

Os textos ficam mais curtos, as boas palavras permanecem em
frases ditas e em conversas compartilhadas. Rareiam reclamações, resmungos e ressignificamos
as reticências. Sem duvidar, vemos começar juntos seu novo ano e imaginamos os
próximos meses, pois atravessamos metade de um ano ao sabor das descobertas
paulatinas que ressaltam o sabor de nossas conquistas. E, agora com toda a
serenidade, nos encontramos ainda mais na cumplicidade das horas que
compartilhamos.

O tempo tem um jeito de estranho de nos fazer esperar e
aprender a reconhecer quando chega nossa hora. Para nós dois, vem com um céu azul
e raio de sol, estrela que muda tudo na perfeita medida de claras nuvens que se
dissipam e nos permitem viver. Ainda bem por tudo, pois temos clareza de cada
nova etapa enquanto a primavera se aproxima. Somos voluntariosamente piegas e
temos novidades a apresentar. Afinal de contas sabemos que caminhamos até aqui
para podermos ir – enquanto o sol muda tudo – ainda mais longe.

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Quando o sol muda tudo

  1. Jessyka disse:

    O lindo Domingo trouxe muita inspiração heim. Bonito texto profs.

  2. Felipe disse:

    tks! vários textos on my mind =)

  3. Djuliano disse:

    Eu ia colar o link daquele vídeo "use filtro solar" hahahahahahahah! Mas o texto está muito bom e não merece ser zoado! Abraço mestre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s