Arquivo do mês: outubro 2011

Pedras para peixes

Havia duas pedras sobre a mesa. Uma clara que puxava pro rosa, como se imitasse um quartzo; e uma escura que brilhava em dourado de rio em dia de sol. E ele inerte observava as duas. Refletia sobre o futuro … Continuar lendo

Publicado em infância | 8 Comentários

Cada livro é um filho

Há dias em que escrever não se trata de inspiração, mas sim transpiração. O escritor se debruça sobre sua obra, verdadeira criatura que levanta e toma vida. De sua vida se apropria e vai além. De seus sonhos toma conta, … Continuar lendo

Publicado em livro, livro do Belão, ofício | 7 Comentários