Arquivo do mês: novembro 2011

Janelas Abertas

Passagens e finais. Nossa vida é feita de fotografias. Importa mesmo o que vivemos com os olhos bem arregalados, com os braços abertos e com as narinas atentas a cada perfume. Somos uma série de lembranças do que passa. O … Continuar lendo

Publicado em Amizade, amor, intensidade, janela, Liberdade, livro, livro do Belão, ofício, Paraná Clínicas, profissão, publicidade, respeito, viver | 20 Comentários

Carta à minha afilhada

Leticia, bem-vinda ao mundo. Você resolveu nascer numa quarta-feira de escorpiana, dia cabalístico de quem se comunica e vem ao mundo com muita voz para dizer o que pensa. Estou ansioso para ver isto acontecendo. E o engraçado que escrevo … Continuar lendo

Publicado em amor, Nascimento | 16 Comentários

Meu gorro de natal

O destino é tão forte quando decide mudar que é impossível ignorar o sangue que arde feito ácido nas veias. Ainda assim residem no mundo os insistentes protestos sem eira nem beira. A vontade de reclamar por audiência. É como … Continuar lendo

Publicado em amor, Brasil, infância, intensidade, natal, Poesia, política, problemas do mundo, quintal, respeito, tempo, viver | 8 Comentários