Parque de Natal

Abro a porta e a casa cheira a incenso e tempero a base de sal e cravo. Há perfumes de diferentes cores no ar. O copo está gelado sobre a mesa da cozinha limpa que aguarda com o fogão a postos. Músicas preenchem os espaços, não sobra vazio.

Into my life, A Palo Seco. Going to California. People are Strange. Dindi. The Killing Moon. Dê um Rolê. Só não tocou samba e amor.

Logo a comida começa a ficar pronta. Ninguém reclama da demora. E o sol se põe como deveria ser. A noite chega, a meia-noite antecipa-se. O sentimento é de que o sonho jamais acabará. Tito olha firme pela janela: James e Janis sorriem pela brisa de verão, presente do tempo.

O menino tenta relembrar todos os natais de sua vida. Porém, tanta coisa aconteceu que é impossível saber. Então, busca entender apenas. Compreender do que são feito os dias e os motivos ocultos no presente. Não conclui acordado e por isso sonha ainda mais longe. Resolve passado para respirar futuro.

Compreende o verdadeiro espírito de seu dia: um recém-nascido com tanto a oferecer ao mundo e que, ainda assim, precisa de cuidados, atenção e de um porto seguro. Um abraço, um sorriso e mais uma canção. Logo chega o sol no parque.

Pé, passo: sol a caminho.

De que vale um dia se a vida é feita de um instante de cada vez? Apenas um instante que se vai, esvai e fim. Já pisamos no futuro, Tito e eu. Quem sabe seja um ano novo. Quem sabe?

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em gosto das coisas, natal, Sonhos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Parque de Natal

  1. Pricila disse:

    Feliz Natal!

  2. Belão disse:

    Feliz Natal, Pri!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s