Amar é meu lugar

20130426-010217.jpgNasci ao meio-dia de noite de lua cheia. Sonhei já no primeiro instante. Cresci, vi a vida chegar perto, levar pessoas e coisas pra longe, numa ordem natural do que pode acontecer. Amei, sou filho, irmão, sobrinho, primo, amigo, professor, escritor, publicitário e até cartomante. Dei meus passos escutando o Seu Belão e, de tanta sabedoria dele, virei idealista, subversivo, teimoso, enfático daqueles que perdoam fácil, apaixonado pelo detalhe e até delirante nas palavras. Sou a soma de meus traumas, meus passos e minhas conquistas. Sou todos que me amam na medida da força que sinto o universo pulsar. Mas, acima de tudo, sou meu gesto de hoje, sou o que faço com o presente. Agora voltou a lua cheia do dia de meu nome. Logo alcanço o meio-dia. Sem medo do tempo, sigo essa loucura de viver em que nada nos pertence e tudo é nosso. Abraço meus dois filhos, livros queridos que jamais envelhecerão. Saúdo Tito Tassus e minhas outras personalidades quixotescas. Trabalho com meu allstar, passo sorriso no rosto, misturo rock com poesia, meu samba com amor e minha bossa com a paz de se saber desfrutar. Sou grato ao ritmo que, segundo as regras herméticas, é compensação. Sinto gratidão também pelas cicatrizes de corpo e alma, pelos tombos e por seguir levantando. Se aprendi com o erro, agora ele virou meu amigo de bar. Que novos erros se juntem, desce mais uma gelada. Tomemos um bom vinho. E, se desde que nascemos não existe mais volta, que meu desejo se torne explosão, gozo do por do sol. Por isso, com minha companheira página em branco, começo mais um década. Paixão num bolso e vontade no outro: hoje sou pleno. E o brilho de meu olhar reflete meu infinito sonho de cada instante. Tudo porque nasci ao meio-dia de noite de lua cheia e amar é meu lugar.

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em amor, chuva, Cores, declarações, dream, estações do ano, fim do mundo, gosto das coisas, infância, intensidade, Liberdade, Literatura, livro, livro do Belão, Love, paixão, Paz, Poesia, profissão, publicidade, respeito, sol, Sonhos, tempo, Tito Tassus, Trepar intensamente, Vento, Vitrine de Sonhos, viver, Vodka. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Amar é meu lugar

  1. Da mesma lua que te pariu, do mesmo signo e ascendente, um anos antes a vida me fez. E fez dos meus caminhos barulhentos e tumultuados e dos meu ouvidos fez bossa e fez samba pra destilar a poesia gota à gota e fazer crescer, todo dia, um eu romântico em prosa e verso.

    Da mesma lua que pariu, muitos anos depois, o destino nos pôs na mesma estrada. Da publicidade, dos versos doidos, dos cabelos compridos, das reuniões sérias na 7 de setembro. Olho pra rima e penso no verso, descabido, retorcido, mas que nos coloca na mesma frase, tanto tempo depois.

    Bem-vindo aos trinta. meu amigo. Seus vinte anos de boy, that´s over baby. Mas a vida recém começou. Boa sorte ao seu texto, ao seu verso, ao seu eu-lírico. Coisas que com mais ou menos vinho são, no fundo, você.

    Bem-vindo aos trinta, nobre mestre. A vida só começou.

  2. Belão disse:

    Meu amigo, sábias palavras. Sou grato pelo carinho, pela amizade e por essa estrada de letras que dividimos 🙂

  3. Priscila disse:

    Belas palavras
    em um dia belo e
    scritas por um Belão.

    Muitas cervejas e vinhos 😉
    Mas só acompanho nas cervejas.

  4. Pricila Carrano disse:

    🙂

  5. Belão disse:

    Valeu, Pri! Vamos que vamos então 🙂

  6. Belão disse:

    Valeu outra Pri também 🙂

  7. JuniorGros disse:

    Belas palavras, Belão. Meu amigo em três graus.
    Na ordem: Professor amigo. Amigo amigo. Colega de profissão amigo.
    Que a vida lhe ofereça sempre novos sabores, novas sensações.
    Abraço.

  8. Belão disse:

    Valeu, Dimir! Vc sabe que é recíproco sempre 🙂 conte comigo e estamos juntos nesse mundo de letras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s