43 respostas para Ele amava em primeira pessoa

  1. Muito lindo, amei
    parabéns.

  2. Belão disse:

    Muito grato Denise. =)

  3. Ana de Matos disse:

    Penso que a imaturidade na área sentimental não é um privilégio dos homens, eles (vocês) realmente têm essa “ogridade” expĺícita, mas as pessoas, em geral, estão egoístas demais para amar alguém tão cheio de defeitos, como é o ser humano.
    Têm relacionamentos passageiros, um atrás do outro. Se utilizam de frases como “a fila anda” – e essa fila não para de andar! Em consequência dessa rotatividade vem a frustração e o cansaço.
    O amor só visita quem perde o medo de se machucar, quem deixa o “eu” para se tornar “nós”.
    Essa é a minha opinião. 🙂
    Bom texto, parabéns!

  4. Lucas disse:

    Já fui um bom amante, ficava até fora deste estereótipo citado. Mas após alguns machucados da vida, me tornei igual à outra face da moeda. Fica a pergunta se a moeda vira de lado duas vezes.

    Ótimo texto, abraço!

  5. Um das melhores definições do amor contemporâneo. Excelente texto Mestre.

  6. Kim Kopycki disse:

    Show, meu amigo!

  7. Andressa Gomes disse:

    Muito bom Belão. Fazia algum tempo que não passava por aqui. Como sempre as junções das suas palavras continuam ótimas. Mas acredito que essa visão vale também para universo feminino. Com tópicos diferentes é claro, mas a “descrença” no amor é a mesma. Feliz mesmo é quem acredita no amor, que ama e deixa ser amado. Sem vergonhas, paradigmas, pudores. Porque o amor de verdade é escancarado, é solto….é o que é, sem ponto final

  8. Belão disse:

    Concordo Ana e Andressa com essa visão mais feminina também. Isto também se aplica. Aliás, Andressa, saudade de vc!

    Kim, valeu sempre meu amigo =)

    Lucas e Guilherme, o lindo e belíssimo é amar. Cada um com seu jeito e com seu tempo. Muito agradecido a todos =)

  9. Daniele disse:

    Excelente texto, parabéns por esta sensibilidade masculina e a coragem de expor.

  10. Junior Gros disse:

    Creio que sempre fui como sou hoje, porém, durante muito tempo lutei contra. Graças ao stigma de quem homem tem que ser “homem”, de que ser romântico é sinal de frouxidão. Levou tempo pra que eu caísse em mim e descobrisse que é possível sim ser romântico e galante, sem deixar de ser viril [palavrinha antiga]. Ainda bem que descobri.
    Hoje sou pau, pedra, poesia e carinho.
    Parabéns pelo texto, mestre.

  11. Andressa Gomes disse:

    Saudades também, eterno Mestre =)

  12. Belão disse:

    muito grato, Daniele =)

    Adorei o sou pau, pedra, poesia e carinho. Eu também sou, meu amigo Dimir! =) aparece dia 26/04 no carioca, ein! 15h! pré-estréia do meu terceiro livro =) Aliás, todos convidados!

    ównti <3, Andressa! sinta-se abraçada =)

  13. Escreveste e detalhaste muito bem com a visão de um homem maduro mesmo…srsrsr..é bom sabermos como vocês pensam dentro de onde você está – seu mundo. Talvez, alguém apaixonado, alguém que já está cheio do amor no coração não falaria o mesmo que você..srsrs…o amor é gerado não por meio de emoções que sentimos aqui e acolá, mas de uma decisão consciente. Deus é amor e todo aquele que busca amar tem a Deus como sua imitação. Se todas as pessoas seguissem, tudo ficaria mais visível. Gostei muito do seu texto, parabéns!

  14. Belão disse:

    Muito grato Adriana.

  15. Nossa, esse texto é como transcrever a realidade da forma mais doce possível, não há como não amar!

  16. Belão disse:

    muito agradecido, Rebecca. Apareça sempre por aqui =)

  17. Paula Assoni disse:

    Incrível sensibilidade! Parabéns pelo “feeling”, porque se no mundo feminino já não está fácil amar na primeira pessoa do plural, imagina no masculino…
    Obrigada pela ótima leitura! 😉

  18. Bárbara Azevedo disse:

    Nossa, que texto bonito!!

  19. Me apaixonei perdidamente pelo texto… ainda me procuro… Suspirando, suspirando, suspirando!

  20. Belão disse:

    Suspire, Viviane. Muito agradecido, Bárbara. Estamos aqui para entregar amor ao mundo, Paula. Sou grato por contar com leitores sensacionais como vocês.

  21. Soraya disse:

    “Ele amava em primeira pessoa”. O Título já é poético. Amei seu texto e a forma simples que você escreve. Parabéns!! Literatura boa é a que pode ser compreendida!

  22. thais disse:

    Ai meu coração.

  23. Belão disse:

    valeu mesmo, Soraya! o de todos nós, Thais =)))

  24. Que texto lindo ! Amei !! ***

  25. Belão disse:

    valeu, Joana. apareça sempre =)

  26. Anônimo disse:

    amei…

  27. Daniela disse:

    é isso aí!
    Prefiro a essência do que rótulos 😉

  28. Laila disse:

    Me fez bem … 🙂

  29. Laila disse:

    Mas infelizmente a minha natureza, sofrimentos, e tudo de mal que já passei no amor não me permitem acreditar… É uma pena… Mas talvez eu ainda amadureça para isso, talvez um dia eu acredite novamente. Beijos querido Belão.

  30. Regiane disse:

    perfeito!!

  31. Belão disse:

    Valeu, Laila! Nao desista nunca do amor. Sempre quando acontece o reset dos traumas pode pintar 🙂

  32. Anônimo disse:

    Nada mais nada menos que a mais cincera verdade.

  33. Luciana Hermes disse:

    Achei esse texto sensacional, muito bom mesmo, parabéns!

  34. Belão disse:

    Muito grato, Luciana!

  35. Anônimo disse:

    Simplesmente lindooo !!!!

  36. Kamilla Maia disse:

    – Perfeição sentimental traduzida em palavras de alguém que atingiu a maturidade.

    Estou encantada. Acho que todas as mulheres esperam essa maturidade vindo dos homens, inclusive eu.

    Me desnorteia, me acalma, me tranquiliza.
    Parabéns!

    Você deve ser uma pessoa incrível.
    Sorte tem a pessoa que te cativar.

    Adorei encontrar teu blog.

    Suspirando…

  37. Belão disse:

    Muito grato mesmo, Kamilla. A gente caminha pra evoluir. Fico feliz que tenha percebido assim e o blog está de portas abertas sempre para você =)

  38. Mayara Machado disse:

    Ótima percepção! Homens como você, estão extintos.
    Porém, acredito que para chegar a essa conclusão, já tenha cometido muitos dos erros citados acima. Mas, o melhor de tudo, é que aprendeu com isso, e de fato, evoluiu!
    Fiquei até esperançosa (risos). Agora só me falta a paciência de esperar tais amadurecerem. 😉
    Beeijos, estou no aguardo por mais textos seus.

  39. Belão disse:

    que honra, Mayara! muito bom esse seu retorno. De fato, a gente aprende e errei muito até entender muito mais. e continuo aprendendo sempre =) toda quarta tem texto novo por aqui =)

  40. Silvana disse:

    Amadureci um homem e quando precisei muito da parceria, ele virou as costas e se foi. Me pergunto: Amadureci? Para muitas coisas sim, profissional, fooooi, amor? Hmmmm Talvez não. Ele foi pra outra, talvez carregando SEU ainda umbiguismo.
    Excelente seu ponto de vista. Só cato agora um colo assim pra mim.. Que eu escolha, que me escolha, que eu deixe perceber que foi um galanteador e levou meu coração rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s