As delícias de minhas paixões mal escondidas

delicias_foto_post

Ela tem um jeito de ajeitar o cabelo como se estivesse mexendo comigo. Chega e eu logo tiro sarro de alguma coisa ou resmungo rabugento com carinho. Faço de conta que consigo esconder verdades, acho que ela também. Só sei mesmo que ela faz esse negócio de inclinar o queixo levemente para o lado enquanto levanta o ombro que chega a me perturbar de paixão. Quando os olhares se distanciam eu tento fazer de conta que ela não existe ou nunca existiu. Vê se isso é idade de se encantar com tamanha intensidade!
Durante o dia nem lembro que ela existe. Faço de conta de muita coisa quando falo disso com alguém. Mas pode confiar que, em tempo de paixão, as verdades absolutas duram os poucos instantes de um suspiro ou de uma troca de casacos. Logo vem e “pow!” ela aparece meio que me dando um “tá-ligado”. Eu não me esperto mesmo!
Em seguida vem a maldita cognição tendenciosa e a leitura mental do Facebook jogando-a em minha timeline. Pô, Zuckerberg! Fica aquele silêncio do usuário online. Tempo em segundos, minutos ou horas. Quem nunca abriu a janelinha só pra ver se o outro não estava digitando algo?!
E o tempo passa e parecem existir ligações que vamos criando com certos sorrisos de gostar. Os ombros, os lábios e o olhar em consonância com a alma nos faz delirar na beleza. Somos o próprio tempo transformado na dor causada pelas borboletas do amor na boca do estômago. Nosso corpo enfraquecido padece e delira no desejo. Silêncio agora. É… a paixão é um luxo de quem jamais espera.

Sobre Belão

Escritor, Professor e Publicitário. Não necessariamente nessa ordem. "Ele soava como um delírio de uma mente cansada da banalidade do segunda-à-sexta. Parecia daqueles que desfilam descuidados pelas ruas, sem se deixar afetar por nada ou ninguém. Com estilo próprio por excelência de consciência e com personalidade mais do que confusa pela falta de linearidade de todas suas idéias, pensamentos, ironias, citações e crises apocalípticas de descontentamento pelo mínimo que o existir exige."
Esse post foi publicado em declarações, intensidade, paixão, Trepar intensamente. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s