Arquivo da categoria: loucura

Quando nos conhecermos

                            Nem sempre eu sei. Olho meu reflexo no vidro da janela. Frio o vidro da janela. E eu não sei o que está acontecendo. Sei que … Continuar lendo

Publicado em intensidade, loucura, viver | Deixe um comentário

Noturno à Janela de Drummond

Quando o mundo fecha suas cortinas em nossas cabeças, temos que escolher rápido em que lado do palco ficar. Que tipo de vida vamos levar, que espécie de ordem das coisas, de regras para a sociedade vamos acatar, aceitar, decidir … Continuar lendo

Publicado em abutres, amor, Anjo, arte, declarações, Escola da Vida, fim do mundo, intensidade, janela, Liberdade, loucura, Paz, solidão, tempo | 12 Comentários

Rotina ou ar

Confunde-nos o gosto, o sabor feito das coisas realizadas. Confunde-nos e nos reinventa feito bonecos do mais branco e puro pano. Desmembra-nos feito sem alma, perdidos em devaneios distantes. Esquece-nos feito espantalhos de um amor servil. Interpela a nosso silêncio … Continuar lendo

Publicado em loucura, morte, viver | Deixe um comentário

As certezas de qualquer juventude

Salve o dia intenso que nos faz sentir a vida fluindo e o tempo se manifestando em sua suave e fluida passagem, meu passeio onírico. Há rigidez ao tentar ignorar o que passa: a fragilidade do tempo que em outra … Continuar lendo

Publicado em dream, intensidade, loucura, Paz, Poesia, solidão, Sonhos, tempo, viver | 8 Comentários

Quanto pesa teu maracatu?

Salve, Chico Science! Como uma nação inteira da música, um zumbi subversivo, carrego comigo o peso do meu som na bagagem. Minha alma pede passagem pela vida, com ânsia de ser mais e descobrir. Não sou de medir palavras e … Continuar lendo

Publicado em declarações, intensidade, Liberdade, loucura, Nação Zumbi | 8 Comentários