Arquivo da categoria: Sonhos

Manifesto de um Mundo Recriado

  Revolucionário ou evolucionário? O pensamento humano que nasce da nossa paixão em vida é questionador. Quanto antes eu abraço essa ordem das coisas, mais confortável me sinto em seguir meus dias, conquistar e entregar meus amores. Entregar e receber. … Continuar lendo

Publicado em Escola da Vida, esperança, Liberdade, Nascimento, Revolução, Sonhos | Deixe um comentário

A matemática dos dias

  Minha contas são literárias e viram contos. Meus problemas se transformam em poemas. Minhas tristezas eu transmuto em letras. Meu passado eu revelo nu e cru em páginas nas quais me exponho. Sou escritor bicho forte e nativo do … Continuar lendo

Publicado em arte, bigode, Canadá, Curitiba, declarações, Escola da Vida, esperança, Eu., gosto das coisas, Literatura, livro, livro do Belão, Sonhos | Marcado com , , , , , , | 5 Comentários

Certeza de José

Seu José rezou pra São José, pois a razão de viver escapou de sua mão ainda que por instantes. É comum em seu vilarejo que pessoas de bem se percam no vazio da solidão. Por isso que não lhe estranha … Continuar lendo

Publicado em dream, ficção, imaginação, paixão, Paz, solidão, Sonhos, tempo, viver | Deixe um comentário

Vida de Adulto Vida de Criança

Essa mania de fazer de conta que sou adulto é pura fachada. É o que me mantém adulto e criança por hoje e amanhã. Depois ainda não sei, como bom jovem que continuarei sendo por questão de escolha. Acho até … Continuar lendo

Publicado em Anjo, Dia das Crianças, Paz, Sonhos, Star Wars, tempo, tudo brincadeira, Yoda de Natal | 6 Comentários

Paixão pouca é bobagem

Uma das grandes saudades de minha vida, diante do tempo que passa implacável, é me apaixonar. Não por coisa ou ato ou gesto. Curto mesmo me apaixonar por alguém. Mas falo de paixão daquelas de tremer as pernas, de fazer … Continuar lendo

Publicado em amor, midi-chlorians, paixão, Sonhos | 17 Comentários

Eu nunca fiz isso antes

Renascer significa cair de nós mesmos de noite pra levantar com ainda mais força de dia. É o que nos empurra a retomar o texto de nossas vidas. Nossa arte de viver. É a voz que nos diz: experimente as … Continuar lendo

Publicado em Alexandra Barcellos, declarações, esperança, Literatura, livro, Parceria, Poesia, problemas do mundo, respeito, Sonhos | 6 Comentários

O apanhador de sonhos

Quarta-feira, semi-durmo. Hoje esbarrei em alguém, mas continuei andando sozinho. Eu pisei num tecido branco em meio a um rodeio de pessoas do passado. Uma festa em dimensão etérea, uma lembrança. Sabe quando você revê lembranças e se perde em … Continuar lendo

Publicado em Jabuti, solidão, Sonhos | 13 Comentários